©2019 por coLAB urbis. Orgulhosamente criado com Wix.com

O PROJETO

Como queremos a cidade?

 

Uma estratégia diferente

Para este laboratório urbano, um terreno de 7km2 localizado em Goianira - GO, transformou-se em um território autônomo. Um local com regras, leis e princípios próprios de convivência que não está vinculado às regras, nem ao Plano Diretor, do Município.

Desenho e construção livres irão moldar esse espaço. Inicialmente com o projeto urbano colaborativo e, posteriormente, com a gestão colaborativa. 

A criatividade individual é ilimitada nesses moldes, as possibilidades de formas que a cidade pode tomar são inúmeras!

PRINCÍPIOS

1. Princípio da não agressão (PNA)

​"É imoral agredir um indivíduo pacífico" Rand, A (1961).

Respeito aos direitos naturais: vida, liberdade e propriedade de cada indivíduo.

2. Colaboração

O território será construído colaborativamente, cada um fazendo a sua parte.

3. Sustentabilidade e Autossuficiência

Os indivíduos devem sempre prezar pela sustentabilidade e autossuficiência de seus lotes. Resolvendo questões como energia, água, lixo e alimento.

DIRETRIZES PROJETUAIS

A partir da análise ponderada e combinada das camadas do terreno, percebe-se quais áreas são mais favoráveis a cada atividade. A noroeste temos uma região mais plana e alta, onde não há passagem de cursos d’água e que se localiza mais perto das ocupações urbanas existentes. Isso alinhado com as características do solo e do perfil topográfico tornam esta área mais favorável às ocupações urbanas.

A partir dos princípios do território, o PNA, a sustentabilidade, a autossuficiência e a colaboração, traçamos as diretrizes projetuais de desenho urbano e gestão urbana: COMPACIDADE e LOTES AUTOSSUFICIENTES.

Sempre lembrando que a liberdade está em você fazer o que quiser, desde que não fira o PNA, ou seja, não atente contra a vida, a liberdade ou a propriedade dos outros indivíduos.

Compacidade

Cidade compacta é o conceito dado à uma série de características que tornam a cidade mais eficiente do ponto de vista espacial. Essa forma de ocupação é também mais sustentável, já que otimiza infraestrutura e diminui deslocamentos urbanos. A concentração eficiente de pessoas em um só lugar, faz com que as áreas ambientais sejam preservadas. É importante diferenciar também compacidade de densidade. São conceitos que se sobrepõem mas são diferentes. Leia o artigo Densidade vs Compacidade para entender um pouco melhor.

Lotes autossuficientes

Lotes autossuficientes são lotes que resolvem todas as questões de infraestrutura dentro dele, principalmente aquelas que podem prejudicar os outros. As principais infraestruturas a serem contabilizadas são: água potável, tratamento de esgoto, tratamento do lixo, energia renovável, alimento e arruamento. Você pode resolver tudo sozinho ou se juntar com outras pessoas! A ideia é trabalhar a sustentabilidade como um ciclo que se inicia e finaliza dentro do lote. Se cada um fizer sua parte, todos ganham!
Para escolher as melhores opções para você, acesse o guia abaixo.

COMO PARTICIPAR ATIVAMENTE

Perfil

Selecione seu perfil como Criador e responda o formulário!

GitHub

Acesse o GitHub e veja o que precisa ser feito na aba Projects

Colabore!

Pegue uma tarefa para você fazer e faça! Simples, fácil e construído coletivamente!